.

ÍNDICE COMPLETO DE POSTAGENS EM "MARCADORES" ABAIXO DA POSTAGEM DA PÁGINA.

segunda-feira, 3 de março de 2014

GRUPO ARCTURIANO - COMPAIXÃO E AMADURECIMENTO ESPIRITUAL

COMPAIXÃO E AMADURECIMENTO ESPIRITUAL
Mensagem do Grupo Arcturiano
Por Marilyn Raffaele
Em 02 de março de 2014

Saudações a todos.

Nós observamos a Luz em Gaia aumentando a cada dia e trazendo com ela uma nova conscientização a nível mundial de questões e problemas que a maioria até aqui era incapaz ou não estava disposta a ver.

As aparências diriam que o mundo está piorando, mas o que vocês estão testemunhando agora é a Luz iluminando os lugares mais escuros e mostrando tudo que precisa ser abordado de modos novos e superiores.

Muitos governos estão começando a entender que os antigos modos de serviço a si de fazer os negócios não estão mais funcionando.

Muitos "líderes" escolhem resistir a qualquer mudança e no fim de um modo ou de outro eles se verão removidos.

Todos os líderes mundiais para a chamada "gente comum" que insistem em ficar agarrados às energias que estão finalizadas começarão a experimentar dificuldades, porque as novas energias não apoiam e nem podem apoiar qualquer coisa mantida apenas pela crença e conceitos.

Interiorizem-se, Queridos, e honestamente examinem a quais conceitos e crenças vocês ainda podem estar firmemente agarrados.

Nós desejamos falar de compaixão - um tema frequentemente confundindo com pena ou permissão ignorante ao outro.

Compaixão é uma faceta do amor e é a capacidade de ver a dor e o sofrimento do outro sem entrar nela.

Isto normalmente significa (principalmente com familiares e amigos) oferecer assistência de algum tipo quando intuitivamente se é orientado.

Entretanto, na compaixão NUNCA SE ENTRA NO CAMPO DE ENERGIA DO OUTRO, isso é pena.

Quando um indivíduo evolui espiritualmente, seu campo de energia começa a irradiar muito mais luz e os outros são atraídos para esta energia.

Cada uma e todas as almas desejam experimentar a perfeição de sua verdadeira natureza, mas somente conseguem interpretar esse desejo interior dentro dos limites do estado de consciência obtido.

Então, vocês têm almas imaturas espiritualmente sempre procurando o que está dentro no exterior.

Elas procuram perfeição por usar as roupas "certas", sendo belas ou fortes, ou tendo bens materiais e dinheiro.

Muitas confundem o amor que procuram com sexo, e se permitem ser usadas pelos outros.

Porque a sociedade em geral é baseada na dualidade e separação, ela continua a promover solução para a felicidade em centenas de formas, e nenhuma delas satisfará o anseio da Alma por uma reconexão consciente à Fonte.

A imaturidade de uma alma nada tem a ver com a idade cronológica.

Há muitas almas muito evoluídas vivendo em corpos jovens agora e há muitas que estão na Terra por muito tempo que permanecem espiritualmente imaturas.

Indivíduos espiritualmente imaturos normalmente se sentem mal com alguém que tem grande Luz porque esta energia é uma ameaça ao seu sistema firmemente mantido de falsa crença.

Normalmente eles nem estão conscientemente cientes de por que eles podem não gostar de determinado indivíduo.

Esta é a raiz de muito medo no mundo, pois ainda há muitos que continuam a resistir a qualquer coisa que possa "agitar" a bolha de seu barco confortável.

Nas fases iniciais da busca de todas as almas por perfeição vem a aproximação a amigos, estranhos, Gurus, etc. - qualquer um que pareça ter as respostas.

Elas ainda não percebem que aquilo que elas buscam tão desesperadamente está no interior.

Elas sentem a ressonância mais alta do campo de energia do outro e gravitam em direção a ele.

Normalmente começa muito simples, através de perguntas como:
Como você lidou com isso?
Por que você sempre está tão calmo?
O que você acha disto ou daquilo?

Pode ser um colega de trabalho, um amigo ou um membro da família.

Por serem pessoas amorosas, a maioria de vocês fica mais do que feliz por ajudar a pessoa que repentinamente desabafa, mas é aí que vocês precisam estar bem atentos e alertas, queridos, para não se deixarem cair na energia dela, que então se torna pena.

Comumente é aceito que se identificar com a dor do outro é um ato amoroso - Ah, coitadinho. Eu entendo/sinto sua dor. Como ele/ela pôde fazer isso com você? - etc., etc..

Quando vocês fazem isto, vocês se tornam uma parte do campo de energia do outro e se deixam disponíveis para que sua energia seja "drenada".

Quantas vezes vocês experimentaram sentir-se totalmente "esgotados" após estar com determinadas pessoas?

Isto somente pode acontecer quando vocês se abrem para aqueles que procuram mais energia.

Estes queridos não estão cientes do que estão fazendo, mas na infelicidade e no desejo de ser completo, eles usam a energia do outro.

Nós não gostamos do termo, mas é daí que vem o termo "sugador de energia" (vampiro).

Para servir e ajudar aqueles que procuram por ajuda, um Trabalhador da Luz precisa operar na energia da compaixão.

Praticamente isto significa que vocês podem ouvir ou observar amorosamente os problemas apresentados e até oferecer algumas sugestões, mas jamais entrando totalmente na energia do que está sendo apresentado.

Vocês reconhecem a aparência de ser ilusório, com nenhuma lei para apoiar e baseada na consciência tridimensional.

Estas profundas percepções NUNCA impendem de se dar quaisquer passos humanos que possam ser necessários - a prática das tarefas cotidianas normalmente tão exigidas - o que for necessário ou o que vocês são orientados a fazer.

Entretanto, ao fazer estas coisas, não se permitam ser facilitadores - permaneçam centrados, sempre se lembrando de que todo indivíduo tem um Eu Superior, Guias e um contrato/plano que ele mesmo escolheu antes de entrar nessa experiência terrena.

Como sempre dizemos amar não significa ser o capacho do outro, nem significa que vocês estão eternamente ligados àqueles com que vocês podem não ressoar simplesmente porque eles são um parente ou um amigo de infância.

Está tudo bem se mover quando alguém quer que vocês façam o trabalho dele por ele.

Amor e Ação compassiva significa lembrar-se da verdade sobre cada um dos indivíduos em sua consciência - aqueles atraídos a vocês e aqueles sobre quem vocês leem ou ouvem.

Sempre permitam aos outros a liberdade de aprender com seus próprios erros enquanto lhes dão o apoio que eles possam necessitar.

Há vezes em que isso pode significar simplesmente deixar alguém sozinho.

É o ego que acredita que se tem o direito ou obrigação de "salvar" o outro.

Todos são seres espirituais tendo experiências humanas para crescer e evoluir.

Esta Luz não atrai apenas familiares, amigos e colegas de trabalho, mas atrai também alguns que estão do outro lado que ainda não entraram na luz da jornada deles.

Há aqueles que nem perceberam que fizeram a transição para o outro lado (overdose, acidente, coma, etc.) e estão confusos.

Esses queridos normalmente se veem atraídos para a Luz de um campo de energia evoluído.

Se vocês os experienciarem (normalmente no estado meio acordado/meio adormecido), não tenham medo, mas digam a esses queridos que eles precisam entrar na Luz onde eles encontrarão ajuda e orientação.

Vocês podem pedir aos Seres de Luz, Anjos ou parentes dessa pessoa para virem e orientá-la para onde ela precisa estar.

De vez em quando, algum não irá querer ir embora, e vocês podem apenas lhe dizer: Vá.

Compaixão é amor em ação, pena é o conceito tridimensional dela.

Este é o Trabalho da Luz.

É assim que vocês plantam as sementes da verdade e ajudam os outros a evoluir.

Nós apenas dizemos que, como seu próprio campo de energia atrai outros que procuram o que vocês têm, fiquem atentos à tentação de entrar no estado de consciência deles, pois vocês nunca podem elevar o outro se vocês estiverem no mesmo nível que o do problema.

Humanamente sim, mas espiritualmente não.

Isto é compaixão, isto é amor, isto é o trabalho.

Nós somos o Grupo Arcturiano



Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com

Respeite todos os créditos
Postar um comentário

Marcadores