.

ÍNDICE COMPLETO DE POSTAGENS EM "MARCADORES" ABAIXO DA POSTAGEM DA PÁGINA.

sábado, 14 de dezembro de 2013

Os sete espelhos essênios.

Os essênios nos deixaram uma linda análise dos relacionamentos humanos.
Eles separaram em sete categorias o modo como nos relacionamos no curso de nossa vida.
Sabiamente eles denominaram essas categorias como “espelhos”. Cada momento de vida nossa realidade interior se espelha nas ações, nas escolhas, na linguagem das pessoas que estão ao nosso redor.
* Primeiro espelho:
Refere-se ao que enviamos a quem está mais próximo, no momento presente.
Sentimos raiva, medo? Espelhamos raiva e medo.
Sentimos alegria e felicidade? Espelhamos alegria e felicidade.
* Segundo espelho:
Mais sutil que o primeiro, este espelho nos fala de nossos julgamentos no momento presente.
Podemos dizer que refere-se ao que nos é imposto “sutilmente”. São os modelos que nos são impostos.
Este espelho sugere a pergunta:
“Estou espelhando a mim mesmo neste momento?”
* Terceiro espelho:
Refere-se àquela sensação maravilhosa quando olhamos nos olhos de alguém e nos sentimos atraídos por ela, algo mágico acontece e queremos passar o maior tempo possível com esta pessoa.
A explicação é que encontramos nestes casos algo que perdemos, que deixamos para trás, para sobreviver neste mundo.
Estes encontros mágicos espelham algo que perdemos, abandonamos ou nos foi tirado.
*Quarto espelho:
Trata-se de uma qualidade diferente dos outros espelhos. Falamos aqui de comportamentos compulsivos e dependências.
Neste espelho estão certos comportamentos que de tanto darmos importância e grande valor , acabamos por reorganizar nossa vida para acolhê-los.
Quando falamos em dependência não nos referimos apenas ao álcool ou drogas, mas a alguns vícios mais sutis, como controle familiar, dependência do sexo e outros.
* Quinto espelho:
Talvez o mais intenso de todos os espelhos, o quinto espelho refere-se ao modo como vivemos nossa vida.
Este espelho nos mostra o quanto nossos pais influenciam nossa vida. Pai e Mãe Celestes, o masculino e o feminino , representam nossos pais , então tudo que se refere a como vivemos nossa divindade na Terra está relacionado a nossos pais.
Através da relação que mantemos ou o que aprendemos com nossos pais nascem nossas crenças e visão de Deus.
Se nos sentimos sempre julgados ou temos a sensação de “não sermos capazes ou suficientes no que realizamos”, é um reflexo da relação com nossos pais.
* Sexto espelho:
Chamado “ escura noite da alma”, este espelho reflete que através de desafios e dificuldades podemos superar com graça e facilidade.
Cada dificuldade nos mostra a possibilidade de superar e alcançarmos níveis superiores de mestria.
Neste espelho podemos perder tudo o que temos , estarmos nus diante da “escura noite da alma” para encontrarmos a confiança na Vida.
* Sétimo espelho:
Trata-se do mais sutil e muitas vezes o mais difícil de ser aceito.
Ele pede que acreditemos que qualquer experiência em nossa vida, é perfeita em si própria.
Não importa o resultado, aqui somos convidados a não seguir os limites impostos pelos outros.
A única meta e ponto de referimento em nossa vida deve ser Nós Mesmos.
==========================================
Fonte: Gregg Braden – “Caminho entre os mundos”

Por Mavi Hostettler - imagens Internet

******Este trabalho pode ser compartilhado com outros

sites desde que os direitos autorais sejam
respeitado citando a fonte de pesquisa / autor e o link.
Obrigado por incluir o link de nosso website quando
compartilhar este trabalho com outros.

(MaviHostettler)
Postar um comentário

Marcadores